Greenvision

blog de produção da greenvision, produtora de audiovisual

algumas reflexões sobre serra pelada

serra1.jpg

Documentário, 52 min, Cor

Co-produção: Priscilla Brasil/ Fundação Pe. Anchieta/ Tv Cultura do Pará/ Cabocla Produções

Exibição: Hoje (04/11/01), na rede pública de televisão (Faixa DOCTV)

Ainda faltam algumas horas para a estréia de “Serra Pelada – Esperança não é Sonho”. Gostaria que esse post parecesse tudo, menos uma justificativa.

Eu realmente ainda não consigo “me acertar” com essa versão do trabalho, mas isso é algo que todos nós temos que passar. Na atual forma de organização das tevês, não há como flexibilizar a duração de programas. Gostaria de pelo menos mais 20 minutos de tempo para contar a situação atual de Serra Pelada, respeitando o tempo do lugar. Infelizmente, isso não é possível.

Pelo menos 3 sequências que eu gosto muito, tiveram que ficar de fora por conta do tempo da grade da TV. Não consegui colocá-las em um corte menor. Os textos narrativos são diferentes e mais concisos do que eu gostaria que fossem.

Ainda há questões mais graves que procurarei resolver em um novo corte: ainda me aflige a entrada da subjetividade na narrativa. Ainda preciso de muito mais reflexão sobre essas questões… ainda me questiono sobre até onde podemos chegar com isso. Coisas que só a maturidade trará. O filme ainda precisa de muito pensar. Infelizmente, não há tempo para essas coisas em um projeto curto. Temos que finalizar as coisas e cumprir o contrato.

Quem assistir, leve tudo como uma experiência de certa forma incompleta, que nem eu sei se, um dia, se completará totalmente. Hoje, acho que o ciclo ainda não se fechou.

E quem puder, preste atenção na sequência inicial dos créditos (música de Tom Zé, sugestão do meu amigo Rafael Guedes), nas sequências de Zé Maria (professor da escola), em Maria (costureira) e numa ventania que passa e levanta uma poeira grossa que passa pela cidade. Serra Pelada, pra mim, é feita dessas pequenas coisas e de uma estranha esperança que mais aprisiona que liberta.

About these ads

1 Comentário»

  bokerao wrote @

Tá, eu sei que o post é sobre serra pelada mas eu queria parabenizar vocês pelo Brega S/A.
Sou curitibano mas moro em Belém e adorei o doc, é uma perfeita síntese da situação de Belém contextualizada através da música. Parabéns!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: